Cartão Metrocard

Cartão Metrocard

Voltar

Vantagens

  • Facilita e agiliza o embarque dos passageiros
  • Recarrega os créditos a bordo dos ônibus, tubos, terminais e/ou postos de atendimento
  • Aumenta a segurança, dispensando o uso de dinheiro no dia a dia
  • Facilita a aquisição de créditos via Internet, totens e aplicativos
  • Inviabiliza fraudes pois usa tecnologia que impede a clonagem e falsificação dos cartões
  • Em caso de perda ou roubo permite recuperar os créditos remanescentes

Como fazer o cartão Metrocard

Pessoa Física

A emissão do cartão é gratuita, mas é necessário uma carga mínima no valor de uma passagem. Dirigir-se a um local de cadastramento com:

  • RG (original)
  • CPF (original)
  • Comprovante de endereço

Para outra pessoa retirar o cartão, imprima o “Termo de recebimento do Cartão Metrocard” e traga devidamente preenchido e assinado pelo titular.

Gratuidade

Portadores de necessidades especiais, idosos a partir de 65 anos e funcionários das empresas que têm direito à isenção. Dirigir-se a um local de cadastramento com:

  • RG (original)
  • CPF (original)
  • Comprovante de endereço

* Portadores de necessidades especiais, enquadrados na Lei Estadual 18.419 deverão apresentar também o laudo médico da Secretaria Estadual de Saúde e a avaliação socioeconômica emitida pelo Serviço de Assistência Social do município que residem. Funcionários de empresas operadoras devem levar também a carta de solicitação da empresa, devidamente carimbada e assinada. Saiba mais

Empresas

Podem cadastrar seus funcionários através do sistema de WebCommerce e solicitar a posterior retirada do cartão na Central Metrocard.

Cuidados com o cartão

  • Nunca dobrar, grampear, molhar, expor ao calor excessivo ou colar adesivos no cartão.
  • Não guardar o cartão juntamente com moedas, celulares, bem como próximo a equipamentos eletrônicos.
  • Nunca emprestar o cartão a estranhos ou terceiros.
  • O tempo médio de vida útil para utilização do cartão é de 5 (cinco) anos. **

* A inobservância da boa conservação do cartão poderá acarretar cobrança de segunda via.
** Considerando que o cliente tenha observado os cuidados acima.

Meios de pagamento

Vale-transporte

Compra de créditos por pessoa física

  • Pagamento através de boleto bancário, pagável em qualquer banco e/ou instituição conveniada. Para esta opção, haverá a cobrança de tarifa de boleto no valor de R$ 1,66 (um real e sessenta e seis centavos). Cobrança em conformidade com o TAC.
  • Pagamento através de depósito identificado, pagável exclusivamente nos caixas das agências do Banco Itaú. Esta opção de pagamento está isenta de tarifas adicionais.
  • Pagamentos de boletos de DI (Depósitos Identificados) não são aceitos na Central Metrocard.

Cartão Transporte

Compra por pessoa física

  • Para compras feitas pela internet, pagamento através de boleto bancário, pagável em qualquer banco e/ou instituição conveniada. Para esta opção, haverá a cobrança de tarifa de boleto no valor de R$ 1,66 (um real e sessenta e seis centavos), cobrança em conformidade com o TAC
  • Pagamento através de depósito identificado, pagável exclusivamente nos caixas das agências do Banco Itaú. Esta opção de pagamento está isenta de tarifas adicionais.
  • Pagamento nos guichês dos postos de Atendimento, exclusivamente em dinheiro.
  • Pagamento nos totens de autoatendimento, exclusivamente em cartão de débito.
  • Pagamentos por meio do Aplicativo da AcessoCard por meio de créditos do cartão pré-pago.
  • Pagamentos por meio do Aplicativo Qiwi permitem a escolha da forma de pagamento no momento de efetivar a compra.

Isenções Tarifárias

Beneficiários da gratuidade

  • Funcionários de empresas Operadoras do Transporte Público Urbano e Metropolitano de Curitiba.
  • Idosos acima de 65 anos.
  • Pessoa com Deficiência (de acordo com o decreto nº4742 de 15 de maio de 2009 que regulamenta a lei 11.911/97 com as alterações das Leis nº13.120/2001 e nº15.051/2006).
  • Insuficiência renal crônica, em terapia renal substitutiva.
  • Câncer, em tratamento de quimioterapia ou radioterapia.
  • Transtornos mentais graves, em tratamento continuado, em serviço dia (Hospital Dia, Núcleo de Atenção Psicossocial, Escolas de Educação Especial que atendem condutas típicas, Serviços Residenciais Terapêuticos e Oficinas Terapêuticas).
  • Portadores de HIV, em tratamento continuado em serviço dia.
  • Mucoviscidose, em atendimento continuado.
  • Hemofilia, em tratamento.
  • Esclerose múltipla, em tratamento.
  • Deficientes Físicos.
  • Deficientes Mentais.

Documentos necessários

Laudo de avaliação fornecido por profissional habilitado pelo S.U.S, da Secretaria de Estado da Saúde ou do Município.
Clique aqui para ver modelo do laudo de acordo com a resolução 355/09 da SESA.

  • Avaliação socioeconômica fornecida pela Secretaria de Ação Social do Município de domicílio
  • Comprovante de residência
  • Requerimento de isenção devidamente preenchido clique aqui para obter seu requerimento

A entrega da documentação completa deve ser feita na Central de Atendimento Metrocard situada na Rua Tibagi 366, Centro, Curitiba, das 08h às 18h, de segunda à sexta-feira.

A falta de declaração ou comprovação de renda mensal sujeitará ao infrator às penas da Lei, bem como à perda do beneficio.

O uso indevido da isenção acarretará em cancelamento do beneficio.

Canais de Atendimento
Chat WhatsApp